Últimos posts


Viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração; então, se arrependeu o Senhor de ter feito o homem na terra, e isso lhe pesou o coração. (...) Porém Noé achou graça diante do Senhor.
Eis a história de Noé. Noé era homem justo e íntegro entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus. Gerou três filhos: Sem, Cam e Jafé.
A terra estava corrompida à vista de Deus e cheia de violência. Viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque todo ser vivente havia corrompido o seu caminho na terra. Então, disse Deus a Noé: Resolvi dar cabo de toda carne, porque a terra está cheia da violência dos homens; eis que os farei perecer juntamente com a terra. 

_ Gênesis 6:5-13

Os tempos eram sombrios, os homens eram maus em seus desígnios, e viu Deus que toda a Terra estava corrompida e cheia de violência, a pulsão de morte exercia cada vez mais poder sobre os homens e eles já não a dominavam, a imagem de Deus já não era refletida no homem e o coração de Deus estava pesado, Ele estava arrependido de ter criado o homem. Mas no meio de toda a maldade, Deus encontra um único homem que ainda era justo, que era integro e que fortalecia em si a pulsão da vida de Deus, este homem era Noé, a oitava geração da linhagem de Sete, filho de Adão, que também viveu no período que consideramos como pré-história bíblica.
Deus então, decide purificar a Terra, e faz isto por meio de 40 dias de chuva e de uma grande inundação que exterminaria todos os seres vivos, preservando apenas Noé, sua família e dois animais de cada espécie que havia criado.
Ao fim do dilúvio que veio sobre a Terra, quando Noé, sua família e os animais saem da arca, Deus abençoa Noé e sua família assim como havia feito com Adão dizendo para que eles fossem fecundos e se multiplicassem enchendo a Terra. 
No meio de toda uma geração perversa, Deus encontrou o novo Adão, encontrou um homem que dominava seus desejos de morte e que vencia o mal com o bem, um homem que havia escolhido caminhar com Deus.
Ser o único homem justo de toda uma geração, é algo muito incrível e nos traz uma lição inquestionável de que não temos desculpas para nos deixar vencer pelo mal. 
Fico imaginando que em uma geração que não temia a Deus, Noé deveria ser estranho, ser foco de zombaria, de ironias, de críticas e até desprezo. Ele devia ser o careta, aquele que não fazia parte das grandes massas, talvez para alguns, ele era o bobo, o fraco.
No entanto, a sabedoria de Deus é loucura para o mundo e aquele que parecia estar fora de contexto, foi o escolhido de Deus para ser o pai de uma nova criação, para povoar novamente a Terra.
Quantas desculpas nós usamos para justificar nossas escolhas e nossas fraquezas, mas quando olhamos para a história de Noé, é fácil deduzir que ele não tinha muitos amigos com quem contar, que sua família de origem provavelmente era disfuncional, que ele havia sofrido abusos, traições e sido vítima de muitos outros comportamentos negativos, visto que a Bíblia narra que toda a humanidade estava corrompida e era continuamente má. Portanto, Noé era o único justo e íntegro daquela geração, não haviam outras pessoas com quem ele pudesse ter comunhão, não haviam outros buscando a Deus na Terra, ainda assim, ele preservou o seu coração e se manteve na presença de Deus.
Novamente a Bíblia nos ensina que existe uma escolha, nosso comportamento e nosso destino, não é determinado pelas circunstâncias do mundo, não é determinado pela geração a qual pertencemos, não é determinado pelo que nos fazem, de modo que, diante do cenário mais sombrio, podemos escolher como iremos reagir.
Viktor Frankl, um neuropsiquiatra austríaco, que ficou mundialmente conhecido depois de escrever sua experiência dramática em quatro campos de concentração nazistas, em seu best-seller internacional: Em Busca de Sentido, que aborda o sentido da vida no mundo, fez a seguinte declaração: 
Tudo pode ser tirado de uma pessoa, exceto uma coisa: a liberdade de escolher sua atitude em qualquer circunstância da vida. _ Viktor Frankl
Viktor defende, que mesmo diante do cenário mais cruel, existe uma possibilidade de escolha em relação aos pensamentos, sentimentos e comportamentos que adotaremos.
Dia desses, lendo uma breve biografia de Hitler, descobri que em sua juventude ele havia se apaixonado por uma judia que o rejeitou. Do ponto de vista psicológico, este foi o argumento suficiente para que o orgulho o cegasse a ponto de torná-lo protagonista da destruição de uma nação.
Em contrapartida, homens como Viktor Frankl, produziram pérolas desta experiência a qual foram submetidos a partir das ações comandadas por Hitler. De dentro do campo de concentração ele escrevia suas reflexões e descobertas sobre o propósito e o sentido da vida, que mais a frente chamaria de logoterapia. É tão incrível saber que diante de qualquer circunstância temos uma escolha!
O importante não é o que fazem de nós, mas o que nós fazemos do que fazem de nós! _ Jean-Paul Satre
No ano de 1930, os poderosos exerciam domínio sobre os indianos, e este povo decidiu reivindicar o que os pertencia por direito na Marcha do Sal, então foram atacados, violentados e presos. Mas, eles resistiram de forma não violenta, aceitaram que seu corpo fosse machucado, aceitaram a prisão e assim venceram o mal com o bem.
Eu diria que a guerra destes homens, custou muito mais do que qualquer outra, foi muito mais intensa, porque mesmo diante do estimulo diário que recebiam para acessar o seu ego, para se deixarem dominar pela pulsão de morte e praticar a violência igualando-se ao inimigo, eles escolhem a vida, escolhem a mansidão, fazendo marchas, protestando de forma pacífica e buscando seus direitos sem revidar um só golpe, sem permitir em nenhum momento que o mal os dominassem ou determinasse como eles deveriam agir.
Martin Luther King, um pastor batista, outro grande revolucionário, conduziu o povo a lutar contra o racismo também forma pacifica, apenas resistindo ao mal.
Ao longo da história da humanidade, surgiram outros Noés, homens que não se deixaram vencer pelo mal, que aceitaram o desafio de matar o seu ego em favor do seu espírito e que assim se tornaram grandes recursos de Deus em sua geração.
Tudo o que Deus precisa para transformar a história, para criar renovos, para promover recomeços é de homens que sejam justos, íntegros e andem com Ele, assim como fez Noé.
Ao longo da Bíblia vemos outros grandes lideres, homens e mulheres que foram usados para libertar o povo da escravidão, da morte, que foram ferramentas de Deus na Terra, e eles eram homens sujeitos as mesmas paixões que nós, homens que tinham seus desejos contra si, que lutavam contra o seu inimigo interior, mas que o dominava.
Este entendimento me enche de esperança, mas também traz sobre meus ombros o peso da responsabilidade, uma vez que, não existem desculpas, não posso me esconder atrás de problemas sociais, não posso me esconder em minha história de vida. O fato é que, nós sempre temos uma escolha!
Refletindo sobre isto, faz todo o sentido a passagem Bíblica que afirma que caminhar com Deus é caminhar para a vida, porém este é também um caminho estreito (Mateus 7:13-14), porque sem dúvida, é muito mais fácil e confortável pagar o mal com mal, conformar-se aos padrões sociais, ceder aos sentimentos e desejos negativos. No entanto, vencer a raiva é difícil, é fácil punir aquele que nos feriu, difícil é abrir mão do desejo de vingança, é fácil fazer o que todos fazem, difícil é fazer o que sabemos ser certo, mesmo quando somos reprovados por outras pessoas.
Vencer o mal com o bem, é para aqueles que estão firmados em Deus, aqueles que aceitaram o desafio de negarem a si mesmos, para manifestar a vida de Deus.
Abrir mão do ego tem um peso de renuncia, no entanto, existe também uma recompensa, pois quando as estruturas se abalam, quando é chegado o dia do juízo e da destruição do mal, quando o joio é queimado, então, aqueles que estão conectados ao Espírito da Vida, aqueles que se tornaram um só com o Espírito de Deus, estes permanecem vivos e são as ferramentas de Deus para construção de uma nova história.
Eu quero te inspirar a seguir o exemplo de Noé, a ser uma mulher justa, íntegra e que caminha com Deus. Quero te inspirar a ser a nova Eva, aquela a quem Deus escolhe para construir os seus recomeços, para multiplicar e povoar a Terra!

Versículo para memorizar: 
Dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me. _ Lucas 9:23

Perguntas para reflexão:
- Quais são as desculpas que você tem usado para justificar os seus erros e fracassos?
- Quais são as áreas da sua vida, em relação as quais você precisa assumir a responsabilidade, arrepender-se e agir diferente?
- Quais novas atitudes você decide adotar diante das circunstâncias e das pessoas que te cercam?

Oração:
Deus, nosso Pai. Eu quero caminhar contigo, quero negar a mim mesma, tomando a minha cruz dia a dia para seguir a Jesus Cristo. 
Eu oro para que o seu Espírito Santo trabalhe em minha mente, em minhas emoções e comportamentos, a fim de que meu carácter seja renovado e eu seja assim como Noé foi, uma mulher justa e íntegra que anda em Tua presença.
Que eu possa achar graça aos Teus olhos, que a minha vida glorifique o Teu nome e alegre o Teu coração, de modo que eu seja ferramenta para que o Senhor manifeste os seus renovos sobre a minha família e sobre a minha geração. Em nome de Jesus. Amém!

Declaração de fé:
Eu sou uma mulher justa, íntegra e ando com Deus!

Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Será uma alegria receber a sua mensagem!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *