Últimos posts


Confia no Senhor e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade. 
Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração.
Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará.
Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia.
Descansa no Senhor e espera nele, não te irrites por causa do homem que prospera em seu caminho, por causa do que leva a cabo os seus maus desígnios.
Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente, isso acabará mal.
_ Salmos 37:3-7

Quando eu era adolescente gostava muito de ler o Salmo 139, ele costumava ser minha oração.
É um Salmo que fala sobre como Deus nos conhece desde o ventre de nossa mãe, como os seus olhos viram o nosso corpo ainda informe.
Me encanta a afirmação do salmista que diz que todas estas coisas foram escritas no livro de Deus, quando ainda nem existiam e que antes que as palavras saíssem da nossa boca, Deus já as conhecia. (Salmo 139:16). Que coisa incrível, um Pai amoroso que nos acompanhou desde a nossa formação!
Existe algo ainda mais incrível, Deus não apenas nos conhece, como projetou um futuro para nós (Jeremias 19:11), Ele sabe quais são os talentos que nos entregou e todo o nosso potencial de realização (Mateus 25).
Acontece, que desde o Éden, o inimigo de Deus forja estratégias para destruir os seus planos, e ele faz isso por meio de mentiras que geram dúvida em nosso coração e nos afastam do projeto original do Criador. 
Foi assim com Adão e Eva, Deus tinha um plano de vida para eles, tinha o plano de habitar no meio deles. No entanto, o inimigo de Deus disse a Eva que comendo do fruto proibido ela seria como Deus e assim plantou dúvida em seu coração.
Quando o homem é enganado e dúvida do plano de Deus, ele se torna suscetível a seguir outros caminhos que podem parecer mais adequados, mas que são na verdade caminhos de morte.
Há caminhos que ao homem parece direito, mas ao cabo dá em caminhos de morte. _ Provérbios 14:12
Adão e Eva se alimentaram da mentira e foram roubados, acabaram recebendo sobre si a morte e se afastaram do plano original de Deus, experimentando como consequência a dor e o sofrimento.
Fico imaginando como deveria ser o Éden, como devia ser perfeito, e como devia ser maravilhoso ouvir o som da voz de Deus no jardim em suas visitas no cair da tarde. Como era perfeito o projeto original de Deus, antes que os homens fossem contaminados com o pecado!
A queda do homem no Éden, nos submeteu a um novo modelo mental, a um novo padrão de pensamentos contaminado pela pulsão de morte, que tende a nos afastar da vida e portanto do projeto original de Deus para nós. 
Em sua carta aos Romanos, o apostolo Paulo orienta:
E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.  _ Romanos 12:2
Contextualizando esta orientação do apóstolo Paulo, com a reflexão pela qual estamos caminhando, podemos compreender, que o inimigo de Deus lançará mentiras para nos gerar dúvidas a respeito das leis de Deus e assim nos conduzir a sermos moldadas ao modelo mental individualista e ateu que governa o nosso século. No entanto, este caminho padrão que nos é comum, que parece correto, é um caminho que nos priva de experimentar a vontade perfeita de Deus, de viver o seu projeto original para a nossa vida e o projeto original de Deus é bom, agradável e perfeito.
A orientação então é para que deixemos que a nossa mente seja renovada, renovação também pode ser entendida como um retorno ao estado original ou adequado. O dicionário Aulete Digital define a palavra RENOVAR, como nascer de novo ou tornar-se novo outra vez. 
Inspirado pelo Espírito Santo, Paulo nos ensina que para viver a vontade perfeita de Deus, seu projeto original é necessário nascer de novo.
O plano perfeito de Deus para nós é que tenhamos vida abundante e eternidade. Curiosamente, ao falar sobre a eternidade com Nicodemos Jesus afirmou:
... Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. _ João 3:5
Em outras palavras, quem não tiver a sua mente renovada, não poderá viver a vida abundante que Deus planejou e não terá a vida eterna, é preciso experimentar um novo modelo mental, uma renovação dos pensamentos, pois aquilo que pensamos conduz as nossas emoções e os nossos comportamentos. Portanto, se nossa mente não for renovada, seremos presa fácil da mentira e assim, seremos levados por caminhos de engano.
Na passagem tema desta nossa reflexão, o Salmista apresenta algumas estratégias para nos mantermos no projeto original de Deus e assim termos o desejo do nosso coração satisfeito, para não sermos envergonhados e herdarmos a vida eterna. São elas:
  1. Confiar no Senhor: A primeira orientação esta relacionada ao nosso pensamento, aquilo que acreditamos, e o ensino é que devemos CONFIAR NO SENHOR, e confiar significa compreender Deus como soberano, como Pai, como aquele que detém o conhecimento, e portanto, respeitá-lo, e obedecê-lo, mesmo quando não formos capazes de entender completamente ou quando surgirem vozes contrárias.
    Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. _ Provérbios 3:5
  2. Fazer o bem: A segunda orientação é sobre comportamento, sobre nossas ações, elas devem ser direcionadas ao bem, pois este é o projeto de Deus. Aquele que confia em Deus, que tem sua mente renovada pela vida de Deus, age com amor, manifesta amor aos seus semelhantes. 
    E vós, irmãos, não vos canseis de fazer o bem. _ 2 Tessalonicenses 3:13
  3. Habitar na terra: A terceira orientação é sobre nossos caminhos, sobre os lugares em que habitamos, o ensino é para permanecermos na terra onde Deus habita, no caminho de Deus.
    No livro de Êxodo vemos que no meio da Terra onde o povo de Deus habitava, havia um tabernáculo que era o lugar onde estava a presença de Deus, logo, a habitação do povo de Deus era consagrada a Deus, era um lugar onde Ele estava.
    E me farão um santuário, para que eu possa habitar no meio deles. _ Êxodo 25:8
  4. Alimentar-se da verdade: A quarta orientação é sobre o alimento, o Salmista ensina que o nossa comida deve ser a verdade. Ou seja, aquilo que alimenta o nosso pensamento e portanto conduz a nossa alma, deve ser a verdade.
    Na Bíblia a palavra de Deus é apresentada como a verdade, ao ser tentado no deserto Jesus afirmou que não viveria só de pão, mas da palavra que sai da boca de Deus, revelando que a palavra de Deus é a verdade e também o nosso alimento.
    Jesus também se apresentou como o caminho, a verdade e a vida, por ser Ele a manifestação da palavra de Deus, o "verbo" que se fez carne.
    Quando nos alimentamos da verdade, somos livres da mentira, do engano e portanto, não caímos em armadilhas, não somos roubados da vontade de Deus para nós. É a palavra de Deus que nos purifica do mal, que nos conduz aos caminhos de vida.
    Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. _ João 17:17
  5. Agradar-se do Senhor: A quinta orientação é sobre sentimento, o Salmista orienta que devemos nos agradar do Senhor, ou seja, devemos gostar de estar com Ele, devemos nos satisfazer de sua presença e isto requer comunhão e relacionamento.
    Aquele que desenvolve um relacionamento com Deus esta satisfeito, não buscará por vozes de engano, não precisará alimentar-se de mentira, pois estará saciado.
    Este era o plano original, Deus visitava o homem no jardim ao cair da tarde.
    Jesus também chamou aos seus discípulos de amigos.
    Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer. _ João 15:15
  6. Descansar no Senhor e Esperar Nele: A sexta orientação é novamente um chamado a confiança, no entanto, a uma confiança ainda mais profunda. É um chamado a ir além da crença, da confiança em sua existência e bondade, mas a um depositar a esperança em Deus ao descansar e esperar Nele. Esta é portanto, uma orientação de confiança posta em ação.
    É confiar que existe um futuro de paz, que existe cuidado de Deus para nossa vida, que Ele é um pai bondoso que sabe do que precisamos e não permitirá que nada nos falte, que estará conosco mesmo diante dos maiores desafios.
    O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente diz ao Senhor: Meu refúgio e meu baluarte, Deus meu, em quem confio. _ Salmos 91:1-2.
  7. Deixar a ira e abandonar o furor: A sétima orientação é acerca das coisas que devemos abandonar, sobre a escolha que devemos fazer em abrir mão dos sentimentos que nos conduzem a comportamentos destrutivos. Quando nos iramos, quando somos tomados pelo furor, nós amaldiçoamos, nos destruímos e matamos, agimos de forma impensada e pomos tudo a perder.
    Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra. _ Mateus 5:5
  8. Não se impacientar, mas esperar no Senhor: A oitava orientação é para permanecermos esperando no Senhor, para compreendermos que o tempo de Deus é diferente do nosso pois Ele vê o contexto, Ele tem uma perspectiva diferente da nossa.
    Por vezes, poderá parecer que as coisas que desejamos estão tardando, ou mesmo, que a volta de Jesus esta tardando. No entanto, Ele nunca falha e nenhum dos seus planos podem ser frustrados.
    Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. _ Lamentações 3:25
  9. Seguir o caminho do Senhor: Encerramos com a nona orientação, que é orientação sobre futuro, sobre permanecer, sobre seguir no caminho do Senhor.
    Pois o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá. _ Salmos 1:6
Uma grande mentira que tornou-se comum em nossa sociedade, é de que para andar com Deus é preciso mutilar-se, logo, andar com Deus seria algo que deveríamos fazer apenas na velhice depois de termos curtido a boa vida. No entanto, é justamente o contrário, é para termos uma boa vida que devemos andar com Deus, e devemos fazer isto o quanto antes for possível, pois cada dia vivido longe da presença do Criador é um dia de equívocos e perdas.
Longe de Deus, vivemos uma falsa felicidade, e caminhamos buscando por coisas, pessoas e circunstâncias que não podem preencher o vazio do nosso coração.
Pois um dia nos teus átrios vale mais que mil; prefiro estar à porta da casa do meu Deus, a permanecer nas tendas da perversidade. _ Salmos 84:10
Deus conhece o nosso desejo de felicidade, de construir uma família saudável, de ter relacionamentos positivos, de ter prosperidade, de ter saúde e longevidade, de ter paz e de viver eternamente. Porque todos estes desejos são características de uma vida abundante e foi para isto que Jesus veio ao mundo, para resgatar o plano original de Deus, para que pudéssemos manifestar os frutos do Espírito em nós e assim experimentarmos saúde nas diferentes áreas de nossa vida e herdarmos a vida eterna.
Por vezes, buscamos tantas coisas, em tantos lugares... quando na verdade, tudo que precisamos esta em Deus, é Nele que recebemos saúde para nossa alma, para o nosso corpo e para os nossos relacionamentos.
Quando a fonte da vida se torna o centro de tudo que somos, todas as demais coisas tomam o seu devido lugar e experimentamos o equilíbrio e a serenidade, mesmo diante dos desafios da vida!

Versículo para memorizar:
No coração, tem a lei do seu Deus; os seus passos não vacilarão.
_ Salmos 37:30-31

Perguntas para reflexão:
-  Quais dúvidas já passaram pelo seu coração? A quais caminhos de engano estas dúvidas te levaram? Quais foram as consequências? 
- O que você pode deixar de fazer ou começar a fazer hoje para retornar ao projeto original de Deus para sua vida e assim experimentar uma vida abundante?

Oração:
Deus, Nosso Pai.
Eu reconheço que ao longo da minha caminhada já ouvi tantas vozes, tantas mentiras que pareciam verdades e que me levaram a duvidar da Tua palavra e muitas vezes trilhar caminhos de dor.
Mas hoje, diante deste entendimento, eu oro para que a Tua palavra seja o meu alimento, para que ela seja gravada na tábua do meu coração a fim de que eu não venha a pecar contra ti.
Eu escolho viver o seu projeto original para a minha vida, eu decido confiar em Ti, fazer o bem, habitar em Tua presença, seguindo pelo caminho que o Senhor me direcionar.
Eu hoje decido me alimentar apenas da Tua verdade, desfrutar da Tua presença e de uma vida de intimidade e de amizade com o Senhor, para assim, descansar, permanecer e esperar em Ti, seguindo os Teus caminhos e experimentando a Tua vontade, que é boa, perfeita e agradável.
Em nome de Jesus. Amém!

Declaração de fé:
Eu me alimento da verdade e vivo a boa, perfeita e agradável vontade de Deus para mim!


Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Será uma alegria receber a sua mensagem!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *